Empregos no Japão

Tudo sobre Empregos no Japão – Leia com atenção Tudo o que precisa saber sobre Emprego no Japão antes de embarcar a trabalho

Empregos no Japão

Para se trabalhar no Japão, são necessários inúmeros documentos e provas que possibilitam a entrada para o visto, sendo assim, apenas descendentes conseguem embarcar em até 6 meses para começar uma vida nova no exterior.

Nossa agência de empregos no Japão tem como papel principal, mandar a trabalho descendentes de japoneses ou cônjuges, pois as empresas que fazem parte de nossa rede só oferece documentos para vistos aos filhos de japoneses e seus descendentes.

As vagas de emprego no Japão relacionadas a descendentes, são muito específicas e controladas, com muitas regras estressantes.

Oferecemos algumas vagas pré determinadas, onde os candidatos podem morar sozinhos, ou dividir apartamento, escolher entre linha de montagem ou máquina de produção, fábrica de autopeças, alimentação.

Sendo difícil a alteração após a escolha. Tornando a estadia do profissional muito difícil e estressante, muito diferente com a qual estão acostumados no Brasil.

Nossas vagas de emprego no Japão, são pré determinadas, com apartamento, próximo da empresa, e os candidatos podem escolher a empresa em que vão trabalhar antes do embarque. Tudo deve ficar claro, pois chegando lá, acabou-se a mamata. É trabalhar duro com muita força de vontade e honra.

Honrar os compromissos é uma coisa muito séria, e os japoneses valorizam muito os descendentes ou casais que se esforçam.

Se você é determinado e uma pessoa com qualidades e que gosta de trabalhar, não existira crise que possa te derrubar.

 

Documentos para Empregos no Japão

O candidato descendente que encontrou sua vaga pela nossa empresa tem que ter em mão a documentação necessária para dar entrada no visto, assim como passaporte e gastos para a tiragem da papelada, pois trata-se de documentos pessoais, não tendo relação com a agência ou seu futuro emprego.

O que será financiada pela nossa agência e pelo futuro emprego, é a passagem para o Japão, gastos com a viagem até a empresa onde vai trabalhar, colocação no emprego ou comissão da agência, pois é caro dar os trâmites e manter contato com as empresas do Japão.

Geralmente é uma taxa que o funcionário irá pagar em até 5 meses após começar seu trabalho no Japão.

Passagem, colocação, moradia.

Após sua chegada no Japão, ele poderá escolher entre morar só e dividir apartamento.

O serviço será definido na empresa. Portanto, é necessário que o candidato escolha bem a empresa para não levar um suto antes de começar.

Os valores e encargos da colocação também dependem muito da empresa na qual o funcionário irá escolher, pois cada qual tem a sua urgência pela mão-de-obra. Em alguns casos, haverá um desconto na colocação de emprego no Japão, pela demanda.

Uma vez no Japão, o profissional terá direito a um vale de no máximo 50 mil ienes para se manter até o primeiro salário.

Poderá trabalhar com a condução da empresa gratuitamente.

Tem que pagar shakai hoken – um seguro obrigatório imposto pelo governo, que dá direito a assistência médica, aposentadoria, e uma espécie de FGTS, que poderá ser sacado após alguns anos de trabalho, eliminando assim a aposentadoria.

Não poderá escolher quantas horas extras irá se submeter, pois que faz isso são os chefes na empresa. Vai depender muito do setor e da qualidade dos serviços do funcionário.

Lembrando que atualmente o salário de mulher é de cerca de 180 mil ienes a 300 mil ienes (1800 a 3 mil dólares), e o salário dos homens em torno de 250 mil a 350 mil ienes 2500 a 3500 dólares).

Em algumas empresas o salário das mulheres já é igual ao dos homens, mas em outros casos é relativamente menor.

Os homens ficam com o trabalho relativamente mais pesado e de velocidade, enquanto as mulheres ficam com serviço mais leve ou de visão, perfeccionista.

Empregos no Japão
Empregos no Japão

Preconceito, discriminação e humilhação

Preconceito no Japão – Chegando no Japão e começando a trabalhar, devemos lembrar que existem muitos japoneses que não estão de acordo com as novas regras impostas pela empresa.

São eles que vão encrencar com muitos brasileiros de primeira viagem, simplesmente por não entender o que estão dizendo. Qualquer erro numa linha de montagem poderá acarretar em xingamentos desnecessários por parte dos japoneses.

Ou simplesmente o funcionário poderá trabalhar em um lugar onde os residentes já não gostam de brasileiros e o discriminarão.

Tudo isso deverá ser levado em conta na hora da escolha do emprego e do embarque.

Dizer HAI, é sempre a melhor opção. (obedecer a hierarquia)

Morando no Japão com a família

Algumas cidades possuem creches para pais que levam os filhos para o Japão, e outras não. E para se manter no Japão com os filhos, sempre avisamos das dificuldades, pois é muito caro manter os filhos pelos motivos a seguir:

– A família deverá morar num apartamento maior, e arcar com o aluguel integral, cerca de 50 mil ienes ou 500 dólares.

– A escola geralmente é particular, pois entrar em escola japonesa é muito estressante para os filhos 60 mil mensais ou 600 dólares.

– A alimentação no Japão também é cara, e as porcarias, das quais as crianças gostam, mais caro ainda.

Quanto da para se ganhar trabalhando no Japão

Como já mencionamos, o salário varia de cerca de 250 mil a 350 mil ienes com até 3 horas extras por dia, e até dois turnos.

Solteiros conseguem juntar com dedicação, cerca de 100 mil a 180 mil ienes por mês, de 1 mil a 1800 dólares mensais, com muito suor e determinação.

Já vi pessoas comendo Lamen de copo para juntar dinheiro, e guardavam 250 mil ienes por mês (2500 dólares)

Hoje a situação está muito difícil de juntar dinheiro trabalhando no Japão pois o dólar está em alta lá e aqui, então a conversão nos prejudica sempre.

O último casal que enviamos a trabalho na Murata, consegue juntar dinheiro no Japão – cerca de 3500 dólares por mês. (sem filhos)

Apartamento no Japão

Em alguns casos, quando se tem família, é possível dar entrada na prefeitura para conseguir a moradia do governo, a cerca de até 5 mil ienes a 20 mil ienes o aluguel, uns 50 a 200 dólares, dependendo da quantidade de filhos. É só você correr atrás quando estiver por lá.

 

Empregos no Japão
Empregos no Japão

Quanto dinheiro  dá para ganhar no Japão

Quanto dinheiro  da para juntar no japão

Empregos no Japão nissei

Empregos no Japão sansei

Empregos no Japão yonsei

Empregos no Japão 2018

Empregos no Japão 2019

Empregos no Japão 2020

Empregos no Japão Murata

Empregos no Japão Liberdade

EMPREGO NO JAPÃO

EMPREGOS NO JAPÃO

EMPREGOS NA MURATA

EMPREGO NA MURATA

EMPREGOS EM OIZUMI

EMPREGOS EM GUNMA

EMPREGOS EM TOKYO

EMPREGOS EM SHIGA

EMPREGOS EM GIFU

EMPREGOS EM YAMANASHI

EMPREGOS EM HAMAMATSU